Anúncios

Archive for 8 de fevereiro de 2017

20 anos sem Vicente Matheus

fevereiro 8, 2017

vicente-matheus

Anúncios

Escalação de Pottker pela Ponte é pressão de Fernando Garcia contra o Corinthians

fevereiro 8, 2017

fernando garcia e negão 1

A imprensa, nas últimas horas, tem noticiado que o Corinthians pressiona a Ponte Preta para que o clube campineiro não escale o atacante Pottker na Copa do Brasil.

Trata-se de uma distorção da informação, contaminada por mentira inicial.

Apesar de anunciado como reforço do Timão, até o momento, Pottker não acertou contrato, salários, nem formalizou documentação alguma.

Ou seja, o negócio, na prática, inexiste.

Por conta da possibilidade da negociação melar (pelo processo de impeachment de Roberto Andrade), o aval para a Ponte escalar Pottker na Copa do Brasil partiu de Fernando Garcia, dono da alma do atleta.

A intenção é pressionar, através da torcida, por uma definição do caso.

Vale lembrar que Roberto, atendendo a pedidos do empresário (e do sócio dele, Andres Sanches) emprestou ao clube de Campinas dois atletas alvinegros, a pretexto de ser parte do negócio com Pottker.

Em verdade, os únicos beneficiados foram os agentes e os dirigentes coligados.

Ouça a rádio Rock n’ Gol ao vivo !

fevereiro 8, 2017

banner-radio-player

Blog do Paulinho

A confusão política do São Paulo

fevereiro 8, 2017

roubo spfc

O que era absolutamente esperado confirmou-se ontem, em decisão do STF, que deu ganho de causa ao conselheiro do São Paulo, Francisco de Assis de Vasconcellos, que pedia a anulação de todos os atos administrativos do Tricolor desde o ano de 2004.

Ou seja, em tese, o atual presidente do clube, Leco, estaria em situação irregular.

A Lei prevê a nomeação de um interventor, além doutras consequencias (sobre contratos, etc) que precisão ainda ser devidamente avaliadas.

O clube, sabedor de que isso aconteceria, correu para aprovar novo estatuto, em fevereiro de 2016, que estava em desconformidade com a legislação, porém caberá ao STF ratificar a legalidade ou não do procedimento, apesar do São Paulo, em nota dizer que “tem convicção que cumpriu a decisão proferida em 1ª Instância, de 2004, tendo em vista que promoveu uma Reforma Estatuária por meio de Assembleia Geral de Sócios, em estrito cumprimento ao Código Civil”.

Não tem.

A indefinição, herança de sucessivas gestões arrogantes, acostumadas a ter a vida facilitada por aproximação com juízes e desembargadores (muitos conselheiros do clube), prejudicará, indubitavelmente, os bastidores tricolores, não apenas pela proximidade eleitoral (não se sabe se o eleito terá os poderes que deseja), mas também pela necessidade de ambiente tranquilo para a remontagem, pelas mãos de Rogerio Ceni, do departamento de futebol.

São Paulo prejudica Rogério Ceni

fevereiro 8, 2017

leco

(trecho da coluna de TOSTÃO, na FOLHA)

“Se o São Paulo perder mais alguns jogos, já está pronto o comentário de que Rogério Ceni deveria começar pelas categorias de base.

O clube, em vez de ajudar seu ídolo com bons reforços, o prejudica, já que o time é fraco”.

Adilson, ídolo do Vasco nos anos 60, era “gato”

fevereiro 8, 2017

adilson-vasco

O ex-jogador Adilson, irmão de Almir Pernambuquinho, ídolo do Vasco da Gama nos anos 60, foi transformado em “gato” nas categorias de base do clube cruzmaltino.

Em deliciosa entrevista concedida ao poeta Roberto Vieira, para o “Por Fora do Campo”, da rádio Rock n’ Gol, o atleta afirmou que, na verdade, tinha dois anos a mais do que o registrado na CBF.

O “gato” de seu quando tinha 19 anos e sua idade foi reduzida para 17.

Confira logo abaixo:

Dono do Guará ratifica no MP-SP denúncia de extorsão contra site Futebol Interior

fevereiro 8, 2017

joao-tele-mp

Por JOÃO TELÊ*

Ratifiquei minhas denúncias no MP-SP e pedi ajuda aos promotores contra o maior site de propina, de achaque, de extorsões, o Futebol Interior.

A quadrilha que esse site montou, na crônica esportiva e no futebol brasileiro, age em todas repartições.

Como se fossem ratos de esgotos.

As investigação em cima deles tem que ser monitorada pelo judiciário.

Indiquei como testemunhas:

Juca Kfouri, Zetti, Paulinho do Blog, Pedro Panzeli, Ricardo Capriotti, Vagner Mancini, Roque Junior, etc.

Eu vou até o fim !

São centenas de vítimas, trabalhadores do futebol, que esse site achaca, intimida , comete extorsões, constrange, ameaça e etc.

Eles ainda se vangloriam de serem influentes, isso tudo às custas de centenas de vítimas que alimentam esse site bandido, pagando o boleto, o mensalão, a base da coação.

Site futebol interior propina ! Artur Eugênio Mathias propina, Edgar Soares, Élcio Paiola (donos do portal).

Eu acredito na justiça e vou até o fim.

Sou eternamente crente no ministério Público, nos juízes e desembargadores.

E tenho certeza que a justiça será feita !

*JOÃO TELÊ é dono do Guaratinguetá

Como fazer inimigos

fevereiro 8, 2017

trump-charge

Da FOLHA

Por RUY CASTRO

Em 1936, o americano Dale Carnegie (1888-1955), professor de locução e oratória, publicou “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”. Foi um dos primeiros livros de autoajuda explícita e já saiu vendendo que nem banana na feira. Oitenta anos depois, está na casa dos 50 milhões de exemplares, parte deles no Brasil, onde nunca saiu de catálogo. Uma pesquisa classificou-o em sétimo lugar entre os livros “mais influentes” produzidos nos EUA, ou seja, que mais fizeram a cabeça dos americanos — imagine os outros.

O que Carnegie aconselha? Que, ao tratar com alguém sobre qualquer assunto, você enxergue esse alguém como um futuro aliado, não um adversário. Ouça o que ele tem a dizer. Estimule-o a falar de si mesmo. Chame-o pelo nome. Faça-o sentir-se importante. Cite os seus próprios defeitos antes de se referir aos dele. Em hipótese alguma desqualifique-o ou discuta com ele — não há vencedores numa discussão. Faça com que os problemas pareçam fáceis de resolver — e você verá como eles se resolverão. E, ah, sim, sorria sempre ao falar.

Parece idiota e talvez seja. Mas Carnegie ficou rico, fez “amigos” e influenciou milhões. Bem, há um que ele não influenciou: Donald Trump.

Em 20 dias falando grosso na Presidência, Trump brigou com Canadá, México, China, Coreia do Norte, Austrália, Irã, Iraque, Líbia, Sudão, Somália, Síria, a União Europeia, a ONU e a Otan. Rebaixou os latinos em geral, declarou guerra à imprensa e, até a última contagem, já tem fortes inimigos em empresas como Netflix, Apple, Amazon, Microsoft, Google, Facebook, LinkedIn e Twitter, além de fábricas de automóveis, companhias aéreas e bancos.

Trump pode ter lido o livro de Carnegie e resolvido fazer tudo ao contrário. Exceto num item: comete suas barbaridades sorrindo — mesmo que apenas para si próprio.


%d blogueiros gostam disto: