Advertisements
Anúncios

Ex-diretor do Corinthians dá sua versão sobre problema do Corinthians com Prefeitura de Osasco

marcelinho-mariano

Por MARCELO MARIANO

No ultimo dia 22 o Blog do Paulinho publicou uma decisão do Tribunal de Contas do Estado sobre o convênio entre o SCCP e a Prefeitura Municipal de Osasco.

Nessa decisão o TCE entende como irregular a prestação de contas apresentada pelo clube.

Na mesma publicação o Blog afirma que a parceria nunca tinha saído do papel, colocando em duvida a boa fé do convênio e tratando como processo não contabilizado e consequentemente chamado de caixa dois.

Pois bem, na verdade, como todos os anos naquela época, a grande questão nos departamentos amadores do clube era saber se a modalidade teria ou não continuidade no ano seguinte. Como diretor de Esportes Terrestres na época, um dos objetivos era buscar recursos para viabilizar esses departamentos.

Firmamos esse convênio com a Prefeitura de Osasco com o compromisso de registrar o nome Corinthians Osasco na Federação Paulista de Futsal, participar com essa nomenclatura nos Campeonatos Paulista e Metropolitano, representar a Cidade de Osasco nos Jogos Abertos do Interior e  em alguns jogos treinar e jogar na cidade de  Osasco o que realmente foi feito naquele ano com ótima interação das pessoas daquela cidade.

Naquele período, todos jogadores e comissão técnica foram registrados, primeiro para não acumular possíveis passivos trabalhistas no futuro e segundo para ajudar na prestação de contas desse convênio, tudo devidamente contabilizado, tanto as parcelas mensais feitas na conta corrente do Corinthians como as despesas de folha de pagamento, taxas federativas e despesas de locomoção realizadas nos campeonatos.

Ocorre que 2007 foi um ano conturbado com um desgastante processo de afastamento do presidente, muita instabilidade na direção e nos departamentos internos e, por consequência,  houve atraso na prestação de contas junto a prefeitura.

Posteriormente estive com o Dr. Dioneges do Departamento Jurídico do Corinthians e a partir dai foi apresentada toda documentação exigida para finalizar esse processo.

Afirmo que a Prefeitura Municipal de Osasco foi ótima parceira nesse processo e acredito ser possível a reversão desse caso, pois, trata-se apenas de um detalhe de data na apresentação de contas e não a integridade das informações.

Abaixo link da matéria citada na resposta de Marcelo Mariano:

TCE condena Corinthians a devolver R$ 630 mil aos cofres públicos por irregularidades em convenio com Prefeitura de Osasco

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: