As 14 ações criminais que André Negão precisa explicar no TSE (acrescidas doutras que a Justiça Eleitoral desconhecia)

negão pf

Em 2004, o vice-presidente do Corinthians, André Luis de Oliveira, vulgo André Negão, à época conhecido apenas nas bancas de Jogo de Bicho da região de Vila Maria e Parque Novo Mundo, tentou, sem sucesso, candidatar-se a vereador de São Paulo, pelo PPS.

O nome utilizado na chapa era “André da Sorte”, por óbvias razões.

A exposição de sua extensa ficha-criminal/policial manteve-se restrita, no citado período, ao conhecimento de duas ou três pessoas, responsáveis pela análise no TSE, e aos amigos mais chegados.

Agora, em 2016, ocupando posição de relevância no Timão e recém exonerado da chefia de gabinete do deputado federal Andres Sanches (PT), ao tentar nova incursão na disputa de cargo para a Câmara Municipal de São Paulo, Negão parece não ter medido as consequências.

Em pesquisa, o TSE listou mais de uma dezena de ações penais associadas a André Luiz de Oliveira, que, em provável tentativa de escondê-las (várias tramitam em segredo de justiça) deixou de enviar as respectivas “certidões de objeto e pé” (que detalham os procedimentos), ocasionando a impugnação de sua candidatura, reversível, talvez, se cumprir o prazo de sete dias para entregar os documentos (salvo novas intercorrências).

Percebemos, porém, ao cruzarmos informações, que a Justiça Eleitoral não possui informações sobre alguns casos de prisões e processos do candidato (que republicaremos abaixo), talvez pela dificuldade em desmembrar “homônimos” (o nome “André Luiz de Oliveira” é bem comum), além da falta de digitalização de ações mais antigas.

Não constam, por exemplo, algumas prisões por Contravenção ligada ao Jogo de Bicho e exploração de Maquininhas de Azar.

As novas informações já estão protocoladas, desde hoje, no TSE, que deverá juntar ao processo e fazer novas solicitações de Certidões ao candidato.

CONFIRA ABAIXO A LISTA DE PROCESSOS EM QUE O TSE PEDE AS CERTIDÕES DE OBJETO E PÉ AO CANDIDATO ANDRÉ LUIZ DE OLIVEIRA (PDT), VULGO ANDRÉ NEGÃO (NO FINAL AS AÇÕES QUE A JUSTIÇA ELEITORAL DESCONHECE):

São Paulo

  • 0001405-91.2016.8.26.0008 de 22/03/2016 – 1ª Vara Criminal Tatuapé

Prisão em Flagrante por portar duas armas durante condução coercitiva da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, acusado de receber R$ 500 mil a titulo de propina da Odebrecht

  • 0215785-88.2009.8.26.0006 de 31/03/2009 – 2ª Vara Criminal Penha

Processo segue em Segredo de Justiça (não foi possível estabelecer detalhes sobre o crime)

  • 0093098-26.1999.8.26.0050 de 270/01/2000 – 17ª Vara Criminal Barra Funda

Ação Penal de Estelionato (aplicada contra o Entreposto de carnes do Engenheiro Ltda.) contra Sonia Maria Augusto de Oliveira, em que André Luiz de oliveira, parente, assina como declarante, com resultado de prescrição antes do julgamento do mérito.

Mairiporã

  • 0004488-52.2003.8.26.0338 de 25/09/2003

O processo segue em Segredo de Justiça, porém o TSE conseguiu, neste, a Certidão de Objeto e Pé, dando conta de que se trata de ação contra André Luiz de Oliveira por “Ameaça e Resistência”, delito ocorrido em 10/04/2003.

A “Ameaça” prescreveu, mas a “Resistência” obrigou o ex-bicheiro a realizar “transação penal” em que foi obrigado a prestar serviços comunitários durante seis meses, comprovando oito horas semanais mínimas.

Cruzeiro

  • 0004655-38.2000.8.26.0156 de 18/01/2000 – 1ª Vara

Processo segue em Segredo de Justiça (não foi possível estabelecer detalhes do crime)

Franca

  • 0024251-82.2000.8.26.0196 de 25/05/2000 – 3ª Vara Criminal

Ação pelo crime de Apropriação Indébita (situação processual atual: suspenso)

Itapetininga

  • 0009135-50.1996.8.26.0269 de 13/11/1996 – 3ª Vara

Processo segue em Segredo de Justiça (não foi possível estabelecer detalhes do crime)

Itapeva

  • 0007143-51.1996.8.26.0270 de 13/11/1996 – 1ª Vara Judicial

Ação pelo crime de Estelionato e Outras Fraudes (situação processual atual: suspenso)

Mauá

  • 0000290-59.1991.8.26.0348 de 16/12/1991 – 4ª Vara

Ação pelo crime de Homicídio Doloso (Segredo de Justiça)

Pirajuí

  • 0011536-27.2011.8.26.0453 de 14/12/2011 – 2ª Vara

Ação pelo crime de Ususrpação, Esbulho, Posse e Dano (arquivada)

Rancharia

  • 0006617-56.2003.8.26.0491 de 12/05/2003
  • 0007035-91.2003.8.26.0491 de 25/07/2003

Ações em trâmite no Juizado Especial Civil e Criminal sob Segredo de Justiça

São João da Boa Vista

  • 0001655-02.1993.8.26.0568 de 16/07/1993 – 1ª Vara

Ação pelo crime de Furto

São José do Rio Preto

  • 0032724-18.1999.8.26.0576 de 30/04/1999 – 4ª Vara Criminal

Ação pelo crime de Estelionato e outras Fraudes (suspensa)

ABAIXO MATÉRIAS PUBLICADAS PELO BLOG DO PAULINHO ELENCANDO PRISÕES DE ANDRÉ NEGÃO PELOS MAIS DIVERSOS CRIMES

Ex-bicheiro? Confira provas das três prisões (uma delas, recente), de candidato do Corinthians por “Jogo de Bicho”

sangue andres

É de conhecimento do associado do Corinthians, principalmente daquele que vive o dia-a-dia do Parque São Jorge, que apesar do candidato a presidente pela chapa “Renovação e Transparência”, oficialmente, ser o vendedor de veículos Roberto “da Nova” Andrade, em caso de vitória, o comando efetivo do clube caberá a André Negão, que concorre como vice.

Para muitos, uma temeridade.

Nos últimos anos, Negão vem tentando melhorar a imagem truculenta que marcou sua chegada ao clube, período em que transitou, segundo relatos, da profissão de “jagunço” para a de banqueiro de “Jogo de Bicho”.

Uma alcunha que lhe incomoda tanto que, pouco tempo atrás, em entrevista, o agora candidato chegou a se referir a si próprio como “ex-bicheiro”, amparando-se no fato de que suas duas prisões em flagrante por este delito, até então, datavam da década de 80, quase 90.

Porém, em dezembro de 2011, talvez por descuido de algum desavisado ou não remunerado Delegado de Polícia, André Negão, mais uma vez, se viu preso, em flagrante, por contravenção penal ligada não apenas ao “Jogo de Bicho”, mas também à exploração de caça-niqueis, acrescido de indiciamento por lesões corporais, que sugerem resistência a prisão.

Vale lembrar que, se nos anos 80, Negão era insignificante na vida política alvinegra, há menos de três anos atrás, período de seu novo “infortúnio”, ocupava cargo de diretoria do Parque São Jorge, além de ser responsável pelas obras do CT da Ayrton Senna, ao lado de Joaquim Grava (acusada, não por acaso, de superfaturamento na compra de materiais).

Confira abaixo os documentos oficiais do sistema da Polícia Civil de São Paulo, comprovando as prisões de André Luiz de Oliveira, vulgo André Negão (clique nas fotos para ampliá-las)

PRISÕES EM FLAGRANTE NOS ANOS DE 1985 e 1989

bicho 1

bicho 2

PRISÃO EM FLAGRANTE NO DIA 17 DE DEZEMBRO DE 2011

bicho 3

Por razões óbvias, é pouco crível que três prisões em flagrante pelo mesmo delito – além doutros mais, como agressões familiares, ameaças, etc. – sejam obra de uma conspiração para prejudicar o dirigente alvinegro, ainda mais com o próprio tendo afirmado, antes da última prisão, em 2011, que exerceu a profissão de bicheiro.

Fica claro, também, que o Corinthians não pode ser gerido – e será, em caso de vitória da chapa “Renovação e Transparência” no próximo dia 07 – por alguém com histórico de passagens em delegacias e prisões em flagrante, além doutras histórias mais, absolutamente incompatíveis com a grandeza, responsabilidade e honestidade que devem ser primordiais no currículo de um presidente ou vice de um clube de tamanha importância.

NO LINK ABAIXO VOCÊ CONFERE OUTRA PRISÃO RECENTE DE ANDRÉ NEGÃO, PUBLICADA DIAS ATRÁS, POR HÁBITOS SEMELHANTES AO DO CANTOR NETINHO DE PAULA

https://blogdopaulinho.com.br/2015/01/30/o-que-o-candidato-do-corinthians-andre-negao-tem-em-comum-com-netinho-de-paula/

O que o candidato do Corinthians, André Negão, tem em comum com Netinho de Paula ?

netinho e negão

André Luiz de Oliveira, vulgo André Negão, é “oficialmente”, candidato a vice-presidente do Corinthians na chapa “Renovação e Transparência”, supostamente encabeçada por Roberto “da Nova” Andrade.

Já se sabe, porém, que trata-se de um subterfúgio para esconder a verdade do eleitor alvinegro.

Em caso de vitória no pleito, Andrade será o presidente de Direito, mas quem de fato comandará as coisas no clube será o perigoso André Negão, com muitas passagens, por acusações diversas, nos distritos policiais.

Porém, uma delas, que você confere no documento abaixo, tem preocupado e indignado, por razões óbvias, as associadas alvinegras.

Em 2007, Negão foi indiciado no Foro do Tatuapé por Violência Doméstica Familiar contra a Mulher, atitude que sugere covardia, tendo a punibilidade extinta por cumprimento de pena.

Ou seja, fez acordo para não ser preso ou julgado pelo grave delito.

André Negão - Maria da Penha 1

André Negão - Maria da Penha 2

André Negão - Maria da Penha 3

André Negão - Maria da Penha 3

“Vou te encher a boca de bala”, disse candidato André Negão a conselheiro do Corinthians

andre negão antiga

Nos últimos dias publicamos extenso histórico de prisões e problemas judiciais que cercam o nome de André Luis de Oliveira , vulgo André Negão, para a polícia, “André da Sorte”, candidato a vice-presidente do Corinthians pela chapa “Renovação e Transparência”, de Roberto “da Nova” Andrade.

De 1985 até os dias atuais, há desde Jogo de bicho até Caça Niqueis, agressões, ameaças, etc.

Encontramos, também, e revelaremos agora, um Inquérito Policial, que se transformou em Processo, de Ameaça e Injuria, aberto pelo conselheiro do Corinthians, Jacinto Antonio Ribeiro, o Jaça, contra seus ex-sócio, André Negão.

O caso é grave.

Relembrando seus tempos de “jagunço” (foto) André Negão abordou Jaça, no dia 18 de maio de 2007, na Praça Novo Mundo nº 103, no Parque Novo Mundo, reduto em que até hoje, segundo testemunhas, funcionariam banquinhas de ‘jogo de Bicho” do atual candidato do Timão.

“Vou te pegar, vou passar por cima de você, vou te encher a boca de bala, seu vagabundo, salafrário”, gritou, com ar de bandido, o braço direito de Andre Sanches.

É assim que dele se lembram familiares de supostas vítimas que teriam “desaparecido” após terem sido abordadas pelo então “cobrador” de pendências de grupos complicados, que tinha fama, à época, de impiedoso “dedo mole”.

Hoje em dia, após assumir cargos importantes no Corinthians, André Negão, orientado pelo PT, mudou o visual, está sempre de sorriso no rosto e diverte-se com ironias nas mídias sociais, numa espécie de mascara ocultadora da verdade, absolutamente perigosa para quem não conhece a origem de seus procedimentos.

Negão ameaça Jaça

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.