Advertisements
Anúncios

Grupos da própria gestão discutem no “Senadinho” do Corinthians

gaguinho raul

Ontem, em meio as tradicionais conversas realizadas no “Senadinho” do Corinthians, chamou a atenção forte cobrança sofrida pelo Diretor Financeiro das últimas três gestões, duas de Andres Sanches e a última, de Mario Gobbi, o indiciado por crime fiscal, Raul Corrêa da Silva, efetuada por seus, antes, apoiadores.

Entre os mais exaltados estava Ernesto Teixeira, puxador de samba dos “Gaviões”, ligado ao grupo de Sanches.

“Muitos dos FORA DUALIB estão todos com “carteirinha” na mão e se calam diante de tudo que assistem”, criticou.

Outro que se exaltou foi o atual Diretor Social do Corinthians, Ilmar Schiavenato, parceiro de Corrêa na gestão, mas, pelo visto, inconformado com as atrocidades financeiras que levaram o clube a estágio pré-falimentar.

Em meio aos questionamentos, Raul, desastradamente, ao tentar defender sua atuação na Diretoria, lançou mão de um exemplar do “Relatório de Sustentabilidade”, fazendo corar até quem tentava defendê-lo.

Justamente o livro mais desmoralizado da história do clube, tratado no Parque São Jorge como a “Bíblia da Lorota”.

Enquanto a situação de constrangimento imperava no seio do clube, fora, torcedores protestavam com faixas, pedindo a cabeça do presidente, e de todo seu grupo, inclusive do atual desafeto, o ex-mandatário, candidato a Deputado Federal pelo PT, Andres Sanches.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: