Advogado do Corinthians presta assessoria a empresa que deu calote no clube

É de conhecimento público o caso em que a empresa APITO PROMOCIONAL deu calote em mais de R$ 1,2 milhão nos cofres do Corinthians, ao não quitar compromisso de patrocínio exibido nas camisetas dos jogadores.

Episódio que gerou diversos processos de consumidores lesados, que também não receberam os produtos adquiridos, contra o clube e a referida empresa, solicitando indenizações milionárias.

Um deles o Corinthians já perdeu, à revelia, em estranho equívoco de seu departamento jurídico, que enviou como preposto do clube o mesmo advogado que o defendia, em desconformidade com a legislação brasileira.

Porém, o que parecia ser apenas uma demonstração de incompetência, pode, na verdade, ser indício de coisa pior.

O advogado Denis España, subordinado ao diretor jurídico alvinegro Luis Bussab, ambos membros do grupo “corinthianos obsessivos”, que sustenta politicamente o presidente Mario Gobbi, estaria prestando consultoria remunerada aos proprietários da APITO PROMOCIONAL, mesmo tendo o Corinthians também processado a empresa para cobrar-lhe a citada pendência.

Ou seja, o corpo jurídico alvinegro estaria trabalhando oficialmente pra um lado, e extraoficialmente pra o outro.

Vale lembrar que o responsável por trazer a APITO PROMOCIONAL para o Parque São Jorge foi o atual vice-presidente alvinegro Luis Paulo Rosenberg, sócio oculto das franqueadoras ligadas ao Corinthians.

advogado corinthians apito

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

5 Replies to “Advogado do Corinthians presta assessoria a empresa que deu calote no clube”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.