andrestitio

Andres Sanches, ex-presidente do Corinthians, sempre foi radical, dentro e fora do clube, na crítica aos torcedores que, por um motivo ou outro, utilizem-se de vestimentas da cor verde.

Com o espirito “organizado” de quem foi um dos fundadores da “Pavilhão 9”, Sanches chegou a proibir associados do Corinthians de circularem no local trajados dessa maneira.

Num episódio recente, um sócio do clube quase foi agredido por estar de verde, pela turma do “apelido”, ligada a Andres, escapando pela pronta ação de Roberto Willian, ex-diretor de esportes aquáticos do Parque São Jorge.

Alguns anos atrás, o Blog do Paulinho descobriu que no início dos anos 2000, o dirigente desviou atletas do clube para o Palmeirinha de Porto Ferreira, quando ocupava o cargo de monitor do Futebol Amador.

Embora alguns entrevistados tenham garantido que Andres frequentava as arquibancadas vestindo uniforme verde do clube, o fato foi negado veementemente pelo então candidato a presidência alvinegra.

Como se fora um crime.

Bem, se para Sanches vestir “verde” é pior do que roubar, confira abaixo prova de um “delito” cometido nos anos 90, antes ainda de se tornar gestor do Palmeirinha.

andres ilha verde

Facebook Comments
Advertisements