Advertisements
Anúncios

Presidente do Atlético/MG diz que Andres Sanches traiu clubes brasileiros para conseguir “Fielzão”

andrespinoquio

Em entrevista ao “Bola da Vez”, da ESPN Brasil, o presidente do Atlético/MG escancarou a traição do ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, ao servir de instrumento para CBF e Rede Globo detonarem o Clube dos 13.

Kalil disse que o próprio dirigente lhe contou a sacanagem.

Não é a primeira vez que Sanches é marcado em episódios de traições políticas.

Basta lembrar sua ação na queda de Dualib e, agora, na oposição velada ao atual presidente do Corinthians, Mario Gobbi.

Confira, abaixo, alguns trechos do bate-papo:

“Eu acho que o futebol carioca foi o grande vilão e vou explicar. Porque o ex-presidente do Corinthians (Andrés Sanchez) desde o início falou que ia sair e detonar (o Clube dos 13). O Andrés Sanchez tinha um estádio prometido para detonar a mesa. Ele ia ganhar um estádio. Estou falando aqui porque ele falou comigo e não pediu segredo. Falei com ele e perguntei: ‘Que sacanagem é essa’. Porque ele é tudo, menos bobo. ‘Kalil, estou ganhando um estádio’. Virei as costas e saí andando. Porque eu também se me dessem um estádio detonava a mesa.”

“O errado é quem senta na reunião para defender os clubes (Andres) e depois faz o que fez. O Andrés teve um erro de tudo isso. Foi disputar a eleição. Ele não podia ter disputado e trabalhado na eleição. Ele não pode disputar eleição, detonar e depois perdeu. Está errado. Ele era o cabo eleitoral do Ricardo Teixeira e do Kleber Leite. E a gente com o doutor Fabio Koff. Não discuto quem é melhor. Esse foi o grande erro do Andrés e acho que vai pagar isso na frente”.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: