Advertisements

“Para de puxar meu saco !” disse Andres Sanches ao “Laranja” de Carla Dualib, em reunião do CORI

O Dr. Kalil, ex-vice-presidente de marketing do Corinthians, ocasião em que servia, segundo o próprio, de “laranja” para as peripécias de Carla Dualib, neta do então presidente, é conhecido no clube pela falta de personalidade de seus atos.

Passou anos dizendo que o atual presidente, Mario Gobbi, e o anterior, Andres Sanches, eram ladrões, declarações estas públicas e recheadas de testemunhas.

Em sua busca constante de estar sempre ao lado do poder, seja ele qual for, Kalil, ou “Dr. Totó”, como é carinhosamente tratado no Parque São Jorge, logo trocou de opinião.

Os antes “criminosos” tornaram-se ídolos, e, nem os próprios, passaram a suportar o hábito “puxa-saquista” do antigo desafeto.

Na última segunda-feira, em reunião do CORI, no ápice do peleguismo, em meio a um assunto que nada tinha a ver com o conversado, Kalil disparou: “Temos que homenagear este grande presidente que foi o Andres Sanches”.

Nervoso pelas dificuldades enfrentadas no referido encontro, em que todas as propostas de seu grupo foram rechaçadas, desde a alteração de Estatuto até a diminuição de membros do CORI, Sanches não aguentou e respondeu:

“Kalil, para de puxar o meu saco ! Você cansou de fazer homenagem ao Dualib e depois deu-lhe uma facada pelas costas… não quero homenagem.!

Os presentes, atônitos, tiveram reações distintas.

Uns ficaram com dó da expressão de cachorro reprimido de Kalil, indigna para um médico formado na importante Faculdade de Mogi das Cruzes.

Outros, com enorme dificuldade, tentaram conter o riso.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: