CBF chutou traseiro de Andres Sanches

Embora parte da imprensa se esforce para dar a Andres Sanches um poder que certamente não possui, coube a José Maria Marin coloca-lo em seu devido lugar.

Antes mesmo de receber a carta de demissão, enviada pelo ex-diretor de seleções, a CBF extinguiu o cargo, demonstrando toda a falta de importância de sua atuação.

Um verdadeiro chute no traseiro.

Complementando os anos de humilhação a que foi submetido, sem que tivesse um mínimo de dignidade para se contrapor.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.