Prazo vence e Odebrecht não apresenta seguro para o “Fielzão”

Conforme deliberação de Assembleia realizada no dia 4 de maio, pelo fundo que administra a construção do “Fielzão”, documentos a que este espaço teve amplo acesso, a construtora Odebrecht teria até o último dia 1º de agosto para apresentar uma apólice de Seguro Garantia (Performance BOND), obrigatório e previsto pela clausula 20ª do contrato entre as partes.

Seguro este que garante a continuidade da obra mesmo em caso de desistência da construtora.

Até o momento, não o fez.

Vale lembrar que o prazo citado já se tratava de uma prorrogação concedida por outro descumprimento, ocorrido no mesmo mês da referida Assembleia.

Além disso, no próximo dia 8 de agosto, quarta-feira, nova reunião será realizada, não apenas para discutir esse assunto, mas também para “a elaboração de parecer a respeito da viabilidade da transferência da concessão de direito real de uso concedida ao Sport Club Corinthians Paulista para o Fundo”.

O que, no mínimo, é um assunto “estranho” de ser discutido, após quase metade das obras concluídas, bem no meio de toda a operação.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.