Advertisements

Estátua de Andres Sanches atesta “coerência” de conselheiros corinthianos

Muitas foram as “proezas” realizadas pelo Conselho Deliberativo do Corinthians nos últimos.

Desde a omissão de responsabilidade ao aprovar contas de diversas gestões que por anos assaltaram o clube, incluindo a encerrada recentemente, até a aprovação da parceria com a MSI, quando todos sabiam do envolvimento da empresa com a Máfia Russa.

Boa parte dos “conselheiros” frequentam o órgão apenas para usufruir das benesses do cargo, entre elas apresentar carteirinhas aos amigos, receber ingressos grátis para jogos de futebol e, em alguns casos, participar de uma ou outra sacanagem.

Pouco se importam com o clube.

Abanam o rabinho a qualquer pedido de seus donos, seja lá quais forem.

Recentemente aprovaram a colocação do nome de “Joaquim Grava” no CT que deveria homenagear gente séria, que de fato contribuíram para o clube.

Sem contar o nome do comentarista Neto, da BAND, num dos campos do local e até de Osmar de Oliveira, que batizou um Centro de Recuperação.

Enquanto isso, Vicente Matheus, Valdemar Pires, Alfredo Trindade, e tantos outros, são esquecidos em nome da conveniência e da necessidade de agradar parceiros, sejam eles na política ou até mesmo na imprensa.

Razão pela qual, em nenhum instante, nos causa espanto a decisão de colocar, no Parque São Jorge, tomada pelo Conselho, de uma estátua para homenagear o ex-presidente Andres Sanches.

É, sem dúvida, um “símbolo” que representa a formação moral e de caráter de 80% dos que votaram a favor da honraria.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: