Advertisements
Anúncios

Secretaria da Segurança Pública pede informações sobre intimação de blogueiro

Da ABRAJI

http://www.abraji.org.br/?id=90&id_noticia=778

Por MARIANA BACCARIN

O secretário-adjunto da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Bueno, solicitou à Delegacia-Geral de Polícia Civil todas as informações referentes ao caso que envolve o blogueiro Paulo Cezar de Andrade Prado – autor do “Blog do Paulinho”, especializado em cobertura esportiva. Segundo o blogueiro, o prédio onde mora, na capital paulista, foi invadido na tarde do último dia 20 por dois investigadores do 78º Distrito Policial.

A Secretaria da Segurança Pública confirma a ida de dois investigadores do 78º DP à residência de Prado para levar uma intimação. 

 De acordo com o blogueiro, os investigadores ameaçaram o zelador e o porteiro, e esmurraram a porta para entregar o documento. Através do olho mágico, viu homens armados sem saber do que se tratava. Imediatamente ligou para a Polícia Militar. Parado relata que, ao ouvirem o barulho da sirene, os investigadores foram embora e deixaram a intimação na portaria.

“Muito estranha a intimação, sem assinatura de nenhum delegado, e estava escrito que era a segunda, mas eu não recebi a primeira”, conta o blogueiro. O jornalista Juca Kfouri, escreveu em seu blog: “Esclarecimentos sobre qual assunto a intimação não dizia como, também, não era assinada pelo delegado – detalhes não obrigatórios, mas que, sem dúvida, se obedecidos, aprimorariam a cidadania”.

A Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo, disse por meio de sua assessoria de imprensa, que prefere não se manifestar sobre a legalidade ou a legitimidade da falta de assinatura de um delegado ou da razão da intimação. 

De acordo com Prado, os mesmos investigadores apareceram no prédio novamente na quarta-feira, dia 22, mas ele não estava em casa.

“Fui vítima de um ato de banditismo, praticado por Policiais Civis de São Paulo”, escreveu em seu blog na terça-feira, dia 21.  Prado afirmou acreditar que a invasão está relacionada com as declarações que fez em seu blog sobre a administração do Corinthians: denúncias de suposto caixa 2, fraude em lista de associados e ligações do clube com uma factoring no Uruguai. O blogueiro declara que recebe ameaças por telefone com freqüência.

Kfouri ainda disparou: “A Polícia Civil de São Paulo, como se sabe, está em greve, mas parece que a pior parte dela não aderiu. Está claro que houve uma típica ação de intimidação, coisa de bandidos, de bicheiros, de gente que se sente incomodada com o que o blog publica e que em vez de recorrer aos instrumentos que a Justiça oferece prefere optar por práticas covardes”.

Na segunda-feira (27), Prado recebeu nova intimação – pelo correio – e assinada pela delegada de polícia Maria Helena K. Tomita.

A Abraji não conseguiu entrar em contato com o 78º DP.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

8 comentários em “Secretaria da Segurança Pública pede informações sobre intimação de blogueiro”

  1. A casa vai cair para os bandidos censores, que ameaçam os direitos democráticos dos cidadãos.

  2. Os caras tiveram a pachorra de voltar?
    Será que voltamos à epóca da repressão, ou será que eles foram se desculpar? Me poupe, isto é um açoite.

    Enquanto o Andres põe seu exército de Brancaleone à caça do blogueiro, arrasta com ele policiais, delegados, a parte podre da Gaviões da Fiel, além da sua Diretoria prosaica e usurpadora da marca Corinthians.

    Lamentável e questionável o que está fazendo o Delegado titular do 78º DP, esse tipo de favor SEMPRE custa MUITO CARO, e demonstra o “estado de sítio” que se encontra a nossa polícia quando TENTA suspender as garantias constitucionais de um jornalista, ao invés de pratica-las.

    Está se caracterizando perseguição e intolerâcia, felizmente a ABRAJI está atenta, bem como a SSP/SP. Penso que terminaremos na CORREGEDORIA.

    O brasileiro já não suporta mais tanta corrupção e abusos de poder. Alguém tem que avisar para o Dr. Delegado, que os bandidos estão DENTRO DO PSJ, e que o blog está prestando um serviço ao ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO dos sócios e de uma NAÇÃO que “REALMENTE AMA” o Sport Club Corinthians Paulista.

    “Corre seu dotô, mas não para casa do blogueiro, chame a Federal e vai proteger as divisas territoriais do Brasil com o Uruguai, e leve o IBAMA para “pegar a Salamandra” escondida nas mangas de bicheiros e piscinas do PSJ.

    Corre “seu dotô, que otoridade tem que aplicar a Lei, não burlá-la. Corre “seu dotô, que a SALAMANDRA vai TE PEGAR!

  3. HUAHUAHAUHAU, QUERO VER AGORA, CADE OS VALENTOES ???

    VAI SE CATAR !!!

    *** *****(*)

    PS. SOH ESPERO QUE ISSO NAO SEJA JOGO DE CENA…

  4. Precisamos lembrar ao senhor Paulinho, dono do blog, que nós torcedores e trabalhadores que pagam impostos e suas contas em dia; nós que participamos de eleições e tentamos nos fazer representar da melhor maneira possivel, estamos INDIGNADOS com a demora referente ao processo de apuração e punição dos responsáveis pelo caso do gás na semi-final do campeonato paulista de 2008.
    Mesmo após o JORNAL LANCE ter divulgado que durante as escutas telefônicas no caso da máfia dos ingressos, foram encontradas/criadas provas ( gracações de conversas ) do envolvimento de torcedores e dirigentes da Sociedade Esportiva Palmeiras, estranhamente notamos “morosidade” no processo.
    Gentilmente solicitamos ao caro jornalista, que nos informe, cobre, investigue.
    Nós não queremos de forma alguma ter gente desta espécie vestidos de representantes mascarados de pessoas de bem em nosso meio.

    QUE SE INVESTIGUE, QUE JULGUEM E PRINCIPALMENTE QUE PUNAM OS RESPONSÁVEIS.

    NÃO A IMPUNIDADE !!!

    <>

    Caso do gás: Investigação vai virar pizza?
    17/10/2008 10:07

    Dados dos promotores sugerem mais investigações e delegados querem arquivamento

    LANCEPRESS!

    De um lado, promotores públicos somam informações contra o suspeito de lançar o gás no vestiário do São Paulo, no Palestra Itália, na semifinal do Paulistão. Do outro, delegados apresentam um relatório alegando ausência de vítima e também de provas materiais, sugerindo o arquivamento do caso.

    À parte na história, o juiz do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo) Eduardo Pereira soube ontem do pedido de quebra do sigilo de Justiça no inquérito dos ingressos falsos feito pelos promotores Nathalie Kiste e Paulo Castilho.

    Se o parecer for favorável, um relatório do Instituto de Criminalística (IC) e um CD com as escutas telefônicas devem chegar em novembro à promotora Adriana Vallada, à frente do inquérito do gás.

    Em um trecho do grampo, um torcedor da Mancha Alviverde é apontado como o responsável pelo lançamento do gás, segundo o MP.

    Assim que ouvir as gravações, Vallada poderá determinar ou não mais investigações. Se julgar que os indícios são muito fortes, ela apresentará uma denúncia à Justiça.

    Mas antes disso, a promotora lida com dados que podem, simplesmente, dar fim ao inquérito. Eles foram enviados pelos delegados Mauro Marcelo e Renata Corrêa.

    A dupla da 23 Delegacia de Polícia relata que um terceiro laudo, do Instituto de Criminalística (IC), confirma que Muricy Ramalho não sofreu lesão por conta do gás. Assim, não há mais vítima neste inquérito e razão para o mesmo prosseguir.

    Além disso, eles argumentam que os produtos usados no gás não foram identificados. Pior, não existe um material para análise.

    Um cheiro de pizza paira no ar.

    Gás no Palestra: suspeito é da Mancha Alviverde
    16/10/2008 11:45

    Integrante da organizada é investigado em mais dois inquéritos policiais

    LANCEPRESS!

    Gás atirado no vestiário e jogadores do São Paulo passam o intervalo no gramado do Palestra Itália, na semifinal do Paulistão

    Gás atirado no vestiário e jogadores do São Paulo passam o intervalo no gramado do Palestra Itália, na semifinal do Paulistão (Crédito: Ari Ferreira/LANCEPRESS!)

    Pertence à Mancha Alviverde, principal organizada palmeirense, o suspeito de lançar o gás no vestiário do São Paulo, no Palestra Itália, no intervalo da semifinal do Paulistão. De acordo com o Ministério Público (MP), ele é investigado também em mais dois inquéritos.

    O LNET! teve acesso ao nome do torcedor, mas não vai publicá-lo até que haja a denúncia. Ele apareceu por acaso, em escutas telefônicas de inquérito sobre ingressos falsos, do qual a empresa BWA é vítima.

    Um juiz do Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo) receberá nesta quinta-feira o pedido para que o relatório do Instituto de Criminalística e o CD com as gravações sejam anexados ao inquérito do gás. O parecer deve sair em uma semana.

    Com base no grampo, o MP solicitará diligências da Polícia Civil ou apresentará denúncia à Justiça. O artigo-base é o 252 do Código Penal: “uso de produto tóxico, expondo perigo à vida ou integridade física de alguém”, cuja detenção prevista é de um a quatro anos.

    Em outro inquérito, o mesmo torcedor foi indiciado por formação de quadrilha e lesão corporal. Ele participou do conflito entre Mancha e TUP, após Palmeiras x Coritiba, em 17 de agosto, no Palestra Itália.
    Se não bastasse, o suspeito do MP é investigado em mais um inquérito por formação de quadrilha, lesão corporal e resistência à prisão. Ele teria entrado em confronto com a Polícia Militar na final do Paulista entre Palmeiras e Ponte Preta, em 4 de maio. Dez policiais foram feridos.

    O promotor Paulo Castilho solicitou há 15 dias a exclusão do suspeito do gás do quadro de sócios da Mancha. Ele determinou que a sede da torcida na Rua Turiassu, em frente à entrada principal do Palestra, seja fechada nos finais de semana.

    Presidente da Mancha pode expulsar suspeito
    16/10/2008 11:46

    ‘Se houver crime, expulsão’, deixou bem claro André Guerra

    Vestiário com gás dificulta concentração tricolor no intervalo da partida (Crédito: Ari ferreira/LANCEPRESS!)

    LANCEPRESS!

    A Mancha Alviverde já sabe quem é o alvo do Ministério Público. Mas o presidente atual da torcida, André Guerra, colocou uma condição para expulsá-lo do quadro de sócios:

    – Ele só sai se for comprovada a participação em algum dos crimes. E a nossa sede tem ficado fechada nos finais de semana. Isso é o que nós combinamos com o promotor.

    Segundo Guerra, um processo interno foi instaurado e o suspeito do gás terá de se explicar:

    – Se assumir, ele será imediatamente expulso. Esse tipo de coisa não faz parte da nossa ideologia.

    O presidente da Mancha desconversou sobre a responsabilidade do episódio das flores, no CT do São Paulo. Porém, ele não perdeu mais uma chance de gozar os rivais:

    – Sei lá de onde surgiu essa idéia. Achei bacana, um jeito diferente de recepcioná-los.

    Terceiro laudo: sem vítima

    O delegado Mauro Marcelo recebeu um terceiro laudo do Instituto de Criminalística (IC), que destaca que Muricy Ramalho não teve lesões por conta do gás. Os laudos anteriores apresentaram um resultado a favor e outro contra o treinador do São Paulo, único relacionado como vítima no inquérito da 23 Delegacia de Polícia. Na ocasião, diversos jogadores e integrantes da comissão técnica do Tricolor sofreram com o gás – Muricy chegou a vomitar no banco.

    Segundo Mauro Marcelo, o caso pode ficar sem amparo legal, já que a contraprova deu negativa.

    – Não sei nem de onde surgiu a história de um suspeito palmeirense. Além do novo laudo, não recebemos nada. Essa é uma situação bem difícil, pois nós temos um inquérito sem vítima – colocou.

    O delegado participou com Gilberto Cipullo do movimento “Anjos da Academia”, contrário ao ex-presidente do Verdão Mustafá Contursi.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: