Advertisements

Água e Vinho

Passado

 

 

Presente

 

 

Facebook Comments
Advertisements

11 comentários sobre “Água e Vinho

  1. João Netto

    É Paulinho, quanta saudade do “seo” Vicente… Aproveito para transcrever aqui uma única frase dita pela presidência do passado nesses vídeos aqui postados: “NÓS SÓ SERVIMOS AO CORINTHIANS E NUNCA NOS SERVIMOS DO CORINTHIANS!” Quanta diferença!!

  2. Toel

    O Pior que qto mais vejo coisas ruins acontecendo no corinthians, mais o odio a essas pessoas que afundaram o clube nessa lama aumenta, o tempo passará mas a cicatriz vai eternizar essa vergonha, o pior é ver que tem muita gente apoiando esses caras ai, isso realmente é o que mais incomoda, vejo pessoas ressaltando o trabalho que vem sendo feito na administração alguns ainda dizem que o andres foi um salvador para o corinthians, que fez o time subir de divisão, mas não dizem que o que ele mais precisava para virar o que virou era que o time fosse rebaixado, isso ninguem fala, enquanto milhões de corinthianos olhavam para o ultimo jogo do corinthians, na série A, com um olhar estarrecido, olhar de quem não acreditava no que estava acontecendo, o sorriso maquiavélico despontava na cara desse sujeito, que se diz corinthiano, mas que na verdade é só mais uma rapoza, graduada dentre as várias que por lá insistem em permanecer, e se somos a única torcida que tem um time, por que deixar, velhos abutres perpetuarem no clube para compactuar desse episódio, que jamais esquecerei, infelizmente, tenho os títulos de 1990 (1o. Brasileiro), o Mundial, Copa do Brasil (No olimpico contra o Gremio), guardados na memória como exemplo de superação de uma equipe, porém terei para sempre essa marca do rebaixamento, que pra mim não foi na bola, o corinthians caiu fora das quatro linhas, e essas pessoas que o derrubaram vão comemorar seu retorno, como se fosse algo magnifico conquistado, querem cravar de vez no manto, que vestimos com orgulho, a estrela da discórdia, pra mim seria quase um simbolo nazista, tamanha a vergonha, Viva o Corinthians torço para que depois da chuva não fique nem a lama pra sujar o sapato e os insetos, esses sim devem ser exterminados para sempre. Saudações Corinthianas Abraço a todos.

  3. CONTRA A IMPUNIDADE

    Precisamos lembrar ao senhor Paulinho, dono do blog, que nós torcedores e trabalhadores que pagam impostos e suas contas em dia; nós que participamos de eleições e tentamos nos fazer representar da melhor maneira possivel, estamos INDIGNADOS com a demora referente ao processo de apuração e punição dos responsáveis pelo caso do gás na semi-final do campeonato paulista de 2008.
    Mesmo após o JORNAL LANCE ter divulgado que durante as escutas telefônicas no caso da máfia dos ingressos, foram encontradas/criadas provas ( gracações de conversas ) do envolvimento de torcedores e dirigentes da Sociedade Esportiva Palmeiras, estranhamente notamos “morosidade” no processo.
    Gentilmente solicitamos ao caro jornalista, que nos informe, cobre, investigue.
    Nós não queremos de forma alguma ter gente desta espécie vestidos de representantes mascarados de pessoas de bem em nosso meio.

    QUE SE INVESTIGUE, QUE JULGUEM E PRINCIPALMENTE QUE PUNAM OS RESPONSÁVEIS.

    NÃO A IMPUNIDADE !!!

  4. Leopoldo Alves

    Se a gestão atual nos remete à anterior, que já estou achando que foi melhor que essa, imagine a saudade do velho Matheus.
    A gente podia nem ter título, mas também não tinha essa lama, nem poder a qualquer preço – no massacre, na esperteza, na safadeza.
    Meu respeito e saudade do eterno Vicente Matheus.

  5. euclydes zamperetti fiori

    Então Podem Roubar a Vontade, Desde Que Se Ganhe Titulos e
    Viva o Brasil, brasileiro, dos corruptos e dos mensaleiros.
    Acordem, corintianos do bem e
    Acorda, Brasil

  6. Patrícia

    quem diz que o Vicente Matheus foi um “fracassado”, não deve ter o menor conhecimento sobre a história corinthiana… Anote aí para não falar asneiras de novo:

    Como diretor de futebol –
    Torneio Rio-São Paulo, 1954;
    Campeão Internacional dos Invictos, 1954;
    Troféu Bandeirantes, 1954;
    Campeão do IV Centenário, em 02 de fevereiro de 1955;
    Torneio Int. Charles Muller (BRA), em 1955;
    Torneio Início, 1955;
    Taça Mais Querido do Brasil, 1955

    Como Presidente:
    Torneio Laudo Natel, 1973;
    Copa São Paulo (BRA), em 1975;
    Paulista, 1977 (encerrou o jejum de 22 anos!!!!);
    Taça Governador do estado de SP, 1977;
    Paulista, 1979;
    Paulista, 1988
    Brasileiro, 1990;
    Taça dos Invictos, 1990;

    Como Vice-Presidente:
    Taça do Povo, 1971;
    Paulista, 1982;
    Supercampeonato Brasileiro, 1991

  7. Marcelo

    Paulinho,

    Boa tarde!
    Concordo que “seu Vicente”, era muito melhor que os dirigentes atuais do Corinthians, mas era um futebol de outros tempos. Com amor a camisa, craques, jogadores de um único club. e dirigentes diferentes também !!!!!!
    Mas calma lá !!!
    Ele também fazia seus esquemas, mudava estatuto, teve várias re-eleições e até colocou até a mulher e o irmão para comandar o Timão !!!
    Então passa anos e a política nos clubes brasileiros continua um nojo…

    Abraços,

    MARCELO

  8. euclydes zamperetti fiori

    Vicente Mateus nunca tomou dinheiro do Corinthians, quer direta ou indiretamente, como tambem, nunca fez oq. fizeram Wadys e outros q. tais
    q. alem de ganharem algum do coringão, após serem eleitos para cargos legislativos, ganharam por tabela horrores ao porem suas assinaturas nos papeis oficiais da “impoluta” assembléia legislativa de nosso estado.
    Acordem corintianos do bem,
    Acorda, Brasil

  9. João Marcos

    Andrez, negão,manés e bussabs…a hora está chergando…cuidado!!!!!!!!!!
    chega de maltratar a paixão alve negra….
    a frase é:
    – servir o timão, jamis se servir do timão…
    o preço que vcs pagarão será caro……

  10. Patrícia

    De novo sou obrigada a discordar… Qualquer pessoa inteligente, antes de escrever que o Vicente “mudava os estatutos”, deveria refletir sobre o assunto. Se ele colocou a mulher e o irmão, além do Waldemar Pires (que era funcionário da sua corretora), era justamente porque NÃO alterava os estatutos, ao contrário, nenhum presidente corinthiano pode ser igualado a ele, que adorava disputar e GANHAR as eleições através do VOTO do associado. Basta relembrar que as eleições no Parque São Jorge eram disputadíssimas e democráticas, permitindo a candidatura de qualquer associado. No último ano de gestão Matheus, o clube tinha mais de 20 mil sócios – hoje, não passa de cinco mil!!!! E ainda tem gente que tem coragem de falar mal do Vicente!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: