Advertisements

Gente covarde

 

O jornalista Vitor Birner escreveu um texto sobre a Lusa, em seu blog.

Nele expressa sua opinião sobre a Portuguesa e suas partidas com grandes equipes.

Na opinião do Vitor, há muito tempo esses jogos deixaram de ser clássicos.

Em nenhum momento Birner faltou com o respeito à equipe do Canindé.

Apenas falou o que pensa, que por sinal é a opinião de 90% dos cronistas esportivos do País.

Bandidos organizados, travestidos de torcedores da Lusa, começaram a ameaçá-lo.

Dizem que irão agredi-lo se trabalhar no Canindé.

Gente covarde que se esconde no anonimato da internet e age com valentia somente quando estão em bandos.

Reafirmo aqui o apoio que já dei ao amigo Vitor Birner em seu blog.

Aos bandidos desejo o que sempre falo por aqui.

Que a sede de sua facção criminosa organizada seja lacrada e que a policia consiga identificá-los e prende-los.

Covardes !

Advertisements

Facebook Comments

14 comentários em “Gente covarde”

  1. Concordo com o Vitor. Além da Lusa não ser nenhuma potência há muito tempo, os seus torcedores que são verdadeiros malucos, ficam a ameaçar a imprensa a todo instante. lamento pela diretoria que é formada por pessoas que reputo sérias, ,mas já tive problemas no Canindé em 2002, quando quebraram um vidro de meu carro e furaram os quatro pneus.

  2. O pior que não é so com o Birner que acontece isso, que conhece um pouco sabe que em cada estádio, de cada torcida, existem jornalistas que não são muito bem queridos e precisam de forte segurança para entrar nos estádios.
    Quem não se lembra do caso do Luciano do Valle que foi quase agredido num restaurante?
    Mas existe também o outro lado da história, onde se encontram jornalistas sem um pigo de responsabilidade (Juarez Soares, Osmar de Oliveira entre outos), que não se contentam somente em torcer descaradamente para seu time nos comentários e às vezes até ofendem, debocham dos clubes adversários..

  3. Paulinho,

    “não faltou com o respeito à equipe do Canindé.”
    ele chamou a Lusa de Time pequeno, não respeitou a historia da lusa e você vem falar que ele não faltou com respeito, Talvez para você, mas isso é um insulto grave.

    “Apenas falou o que pensa, que por sinal é a opinião de 90% dos cronistas esportivos do País.”
    Junta todos esses cronistas não da um, essa gente não sabe nada de futebol

  4. Discordo da violência como resposta a opiniões contrárias, mas a crônica esportiva deveria se ater a temas mais interessantes do que discutir se é clássico, não é clássico, etc.

    Que diferença faz para o esporte o “título” de “clássico” para uma disputa ludopédica?

    Pra que disperdiçar banda da internet e energia elétrica falando de um assunto tão sem importância?

    É pura e simplesmente para provocar?

  5. A história do Birner deve ser com certeza mais bonita que da LUSA….Quem fala o que quer ….. ouve o que não quer meu chapa. Vç ofendeu uma tradição. Seja menos sãopaulino, mais imparcial, que as coisas fluirão normalmente!!!!

  6. Puxa, achei que não precisava chegar a tanto, extremismos nunca foram benéficos em discussões democráticas – penso ser este o objetivo de qualquer blog – e civilizadas.
    Sou São-Paulino e entendo a indignação dos torcedores da Lusa(chamo-a carinhosamente assim), se o comentário fosse em relação ao Tricolor eu também ficaria chateado.
    Mesmo assim procuraria argumentar, mostrando que a outra pessoa pode estar enganada, e teria muitos argumentos para justificar minha posição.
    Acho que os torcedores da Lusa podem ser mais qualificados para esta tarefa, pois não conheço toda a história do clube, mas pelo que me lembro a Lusa teve time pra encarar o Santos de Pelé, mais recentemente o São Paulo de Cilinho(o futebol mais bonito que já ví com a camisa tricolor), revelou pelo menos uma dezena de Craques, foi capaz de unir São Paulinos, palmeirenses e corintianos nos jogos contra o Gremio(Aquilo foi fantástico) e merecia ter sido campeã naquele ano, tudo isto entre outras glorias.
    Só por isso vemos a importancia da Lusa em nosso país, tem tradição, e isto tem que se respeitar. Não por culpa de sua Torcida, mas de seus dirigentes, nos últimos anos a Lusa se apequenou, sendo rebaixada seguidas vezes, o que fez com que nós, torcedores de outros times, nos esquecessemos de tudo que citei acima.
    Felizmente, nos últimos 2 anos tivemos o ressurgimento da Lusa, pela união da sua torcida e pela boa administração da sua diretoria, a Lusa tem um bom time e disputa a primeira divisão novamente. Cabe agora a comunidade portuguesa nos fazer lembrar da grandeza e tradição de seu time e fazer-nos, novamente, encarar os jogos contra a Lusa como jogos em que há grande possibilidade de perdermos.

  7. O que caracteriza um grande clube é, em primeiro lugar, a capacidade de encher estádios; depois, os títulos que ostenta; a seguir, as divisões de disputa onde preferencialmente se situa, ao longo dos anos. Aqui no Rio, nem América, nem Bangu, nem Madureira, apesar de terem suas sedes em bairros extremamente populosos, nunca preencheram qualquer desses quesitos; portanto, por mais que tenham tido, por parte da crônica e da opinião pública, simpatia e incentivo, jamais lograram tornar-se realmente grandes e terem seus jogos catalogados como clássicos. O mesmo julgamento se aplica à Portuguesa.

  8. Marcelo e blogueiros,

    sou torcedor fanatico da lusa, venho de uma familia que gerações torce e acompanha a lusa.

    O que nos deixa indgnado é o fato de muitos jornalista falarem o que querem da Portuguesa, sem nem antes saber o que está acontecendo.

    O que nos deixa indignado é o fato da media falar da Portuguesa com desprezo e sempre tirando sarro.

    Perceba, a portuguesa sofre dois penaltys no jogo contra o palmeiras e a media nem toca no assunto.

    Por diversas vezes a Portuguesa é ROUBADA dentro de campo, e novamente ninguem fala.

    Isso nos deixa indgnado, mas alguns torcedores ja cansados acabam se descontralando, e acontece isso.

    No canidé não há nenhum bandido,mas a imprensa tem que aprender a respeitar a Lusa, e seus torcedores.

    Obrigado,
    Abraços.

  9. Não concordo com violência, mas desrespeito tb não concordo. O Birner fez isso infelizmente. Mais uma prova de sua qualidade como jornalista…

  10. Sou torcedor da Portuguesa e não me senti ofendido, infelizmente meu time a muito tempo não se porta como um “grande”, não “agride” fica na retranca para perder de pouco. Mas mesmo assim não perco um jogo no Canindé, porque amo o time. Acho que os tempos de time grande voltarão este elenco atual não deve nada para os favoritos ao titulo é só uma questão de acertar as peças o Benazzi é meio teimoso e retranqueiro. Voltando ao Birner, ele e o Juca são os caras que respeito muito, o problema no caso é o seguinte eles não mentem e como diz o ditado…..

  11. É por essas e outras que eu nunca consegui ver um profissional que escreve e fala sobre futebol como sendo um jornalista. Já pensou se um determinado jornalista político manifestasse sua preferência partidária ao dar uma notícia do outro partido, é lógico que tudo que ele dissesse cairia em descrédito. E no caso do telejornal, o âncora narra o acidente de um avião da TAM e ao anunciar o número de mortos começa a chorar copiosamente. Para mim jornalismo esportivo não existe quando há uma evidente falta de imparcialidade do profissional. Deixa de ser jornalismo esportivo para ser conversa de botequim. Quando a paixão pelo próprio time interfere no trabalho é lógico que se está deixando de ser profissional

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: